sábado, 27 de junho de 2015

Um dia eu vou ser feliz, mas...

Hoje não posso, outro dia quem sabe.
Hoje não posso, pois sou muito nova, ainda há tempo.
Hoje não posso, não chegou a hora;
Hoje não posso, primeiro a faculdade, o primeiro emprego, deixa chegar a estabilidade financeira.
Hoje não posso, não encontrei a pessoa ideal ainda.
Hoje não posso, primeiro o casamento;
Hoje não posso, construindo uma casa;
Hoje não posso, quando vier os filhos daí sim.
Hoje não posso, filhos pequenos, entende né?
Hoje não posso, tem a casa para cuidar;
Hoje não posso, a família precisa de mim,
Hoje não posso, primeiro meu esposo tem mais necessidade, ainda posso esperar;
Hoje não posso, primeiro minha mãe;
Hoje não posso, primeiro meu pai;
Hoje não posso, primeiro meus irmãos;
Hoje não posso, reformando a casa;
Hoje não posso, filhos na faculdade, no cursinho, eles precisam de mim;
Hoje não posso, familiar doente;
Hoje não posso, amigo doente;
Hoje não posso, pet doente;
Hoje não posso, não estou bem de saúde;
Hoje não posso, pois se antes não dava, agora também não quero mais;
Hoje não posso, filhos não estão mais em casa, ninho vazio;
Hoje não posso, marido foi embora, arrumou outra família, morreu;
Hoje não posso, estou muito velha pra isso, para aquilo;
Hoje não posso, porque ontem eu também não podia;
Hoje não posso, pois nunca fui prioridade;
Hoje não posso (...)
Hoje posso
Hoje posso
Posso?
Só se for hoje!!!


segunda-feira, 25 de maio de 2015

Pronto: Falei ...

A dinâmica do "PRONTO FALEI": 
Palavras que saem da garganta rota. Arrependidas tentam voltar, porém se perdem nas curvas do tempo.
Qualquer "construção" realizada com auxílio da força (violência, domínio) tende a "destruição".
Não se toma sentimentos, crenças, poder (...), conquista-se com sutilezas.Ao observar a história do homem no mundo e nossas histórias pessoais, obteremos as comprovações.Sentimentos são envenenados pela força, o poder enfraquece. As crenças podem até ter uma durabilidade superior, porém nascem predestinadas a perecer, como tudo que nasce pela força. Acaba de forma sutil, ironicamente da mesma forma que deveria ter iniciado.


sexta-feira, 22 de maio de 2015

PERDÃO!!!


     Sou gota de genes da gênesis. Espirito antigo. Em mim habita todo o mal do mundo.

     E é bem por isso que peço PERDÃO. 
     Perdão meus amigos conhecidos ou não por tudo o que eu não disse, pelas guerras que causei, pela segregação, julgamentos e abandono. 
     Perdão pela maledicência, pelos vícios e pelo excesso de ego. 
     Perdão pelas mortes insanas, pelos assassinatos em massa, pelo desejo de vingança. 
     Perdão por querer salvar os outros no mundo.
     Perdão pelo desespero que instalei em vossos corações. 
     Perdão por julgar sem conhecer, por agredir e rir de todos quando meu rosto estava falsamente sorrindo.
     Perdão pela mentira, pelo engano, pela corrupção, perdão pelas guerras religiosas declaradas e veladas, Perdão por tudo o que não citei, mas acontece neste mundo afora por minha extrema culpa.       Somos todos UM. A unificação do divino esperado e procurado pela cristandade. Perdoo em mim tudo o que me desconsola no mundo, certa que não sou mais que ninguém, nada de especial habita em mim, não possuo verdades, não espero salvar ninguém e nem convencer de nada.
     Perdoo o meu genes na gênesis de tudo o que há. E se faço parte do todo dentro da gênesis, o todo se perdoa em mim.

Déa Maffezzolli




quarta-feira, 20 de maio de 2015

Tive medo...

Tive medo. 
Tive!!!
Chamei o medo para conversar. 
Isolei ele num lugar do meu ser, onde me protege dele mesmo.



Déa Maffezzolli



terça-feira, 19 de maio de 2015

segunda-feira, 18 de maio de 2015

MAL X BEM: Energias em luta constante.



       O MAL é uma instituição incrivelmente organizada, firme nos objetivos.
       Já o BEM (...) 

 Está medindo forças entre o Cristianismo e suas múltiplas religiões/crenças/instituições/$$$.                                                Decidindo quem salva mais, julgando Hinduísmo e Budismo por não ser cristianismo. 
      Birra com ciência, nem vou falar da homossexualidade e das famílias contemporâneas. 
      A Senhor BEM, o ágape é difícil mas é o caminho (...) Se solidifica logo, emana sua luz, o mundo está doente e o senhor indeciso (...) E o MAL na luta, ganhando terreno.
     Talvez se as pessoas ajudassem, seria até mais fácil. A tá, na terra o bem é guiado pelas pessoas, quase entendo tudo. Quase!!! Se alguém compreender melhor, me explica por favor. 

Déa Maffezzolli